Categories
Deportes|Esportes|Sports English Premier League Premier League

Hat-trick de Tammy Abraham dá ao Chelsea a vitória contra os Wolves

O Wolverhampton recebeu o Chelsea neste sábado no Estádio Molineux, na quinta rodada da Premier League, o jovem Tammy Abraham, dos Blues, resolveu o jogo mais uma vez por eles, ao marcar outro hat-trick na competição. O zagueiro do Chelsea Fukayo Tomori e Mason Mount também marcaram, e os Blues venceram o Wolves por 5-2. Com o hat-trick, Abraham agora é o maior goleador da Premier League, com sete gols em cinco jogos. Nada de ruim para o jovem jogador.

A partida começou com um humor muito preguiçoso, mas haviam poucas chances de pôr em risco os goleiros. Aos 31 minutos, a defesa dos Wolves conseguiu afastar um escanteio, mas a bola caiu para Tomori, que fez um grande finalização de fora da área, direto para o canto superior de Rui Patricio. 0-1 Chelsea.

Dois minutos depois, o show de Abraham começou. O número nove aproveitou uma bola solta na defesa dos Wolves e venceu Patricio para fazer o dois. Aos 41 minutos, Marcos Alonso cruzou e Abraham fez o segundo no jogo. Chelsea por 3-0 na primeira parte.

Após o intervalo, os Blues continuaram em cima dos Wolves e chegaram ao quarto. Adivinha quem marcou? Sim, Abraham, mais uma vez. O atacante recebeu na beira da área, driblou Conor Coady e mandou no canto. 4-0 Chelsea.

Os Wolves tentaram uma reação, e aos 22 minutos do segundo tempo Cutrone disparou, mas a bola saiu para escanteio. Aconteceu que, após a cobrança, Kepa furou a bola, que acertou Abraham antes de entrar. Abraham marcou mais uma vez, mas desta vez com um gol contra.

Aos 40 minutos do segundo tempo, o chute poderoso de Matt Doherty enganou Kepa, que mais uma vez não conseguiu fazer a defesa e a bola sobrou para Cutrone, que reduziu a diferença. No entanto, com 45 + 6, Mason Mount fez 5-2 para o Chelsea.

Uma boa vitória para o Blues antes da estreia na UEFA Champions League. A defesa deles é bastante instável e o ataque deles é muito confiável até agora. Mas enquanto eles continuarem ganhando, quem se importa?

Categories
Deportes|Sports

Os Devils apoiam Pogba

O Manchester United havia iniciado a Premier League em grande estilo, exatamente o oposto da temporada passada. O 4 a 0 contra o Chelsea deixou os Vermelhos sonhando com um percurso diferente e até podendo competir contra o vizinho pela Premier, depois que o City perdeu pontos em casa contra o Spurs. No entanto, no segundo dia do campeonato, a equipe do Solskjaer encontrou alguns lobos.

No estádio do Wolverhampton, os Red Devils não conseguiram mais que um empate em 1 a 1. Em um confronto muito competitivo, Paul Pogba perdeu um pênalti no segundo tempo que poderia ter lhe dado os três pontos, e a liderança da Premier, para a equipe visitante.

O meio-campo francês está a várias semanas na mira da imprensa mundial pelo interesse de
assinar com o Real Madrid, mas esta semana está na primeira página porque perdeu um pênalti, um erro que levou o jogador francês a receber inúmeros insultos racistas e ameaças de Morte no Twitter.

Esses comentários foram excluídos e as contas de usuários que ameaçavam o jogador de futebol do United foram bloqueadas. O próprio clube apresentou uma declaração na qual condenou esses comentários desagradáveis e infelizes: “O Manchester United está comprometido com a igualdade, diversidade e inclusão em todos os níveis do futebol”. Marcus Rashford saiu em defesa de Pogba. O atacante reclamou nas redes sociais que as ameaças deveriam parar: “Isso precisa parar de qualquer maneira. O Manchester United é uma família grande e Paul pertence a ela. Se você atacá-lo, você ataca a todos nós.”.

Não sabemos muito bem por que os ataques, se porque é negro, se porque é negro querendo
jogar pelos brancos ou se por ser negro e perder um pênalti, mas os insultos a Paul Pogba não são justos em nenhum dos casos, Hazard não foi insultado por fazer o mesmo que Pogba e aqui estamos a favor da igualdade, ou insultando a todos ou ninguém, a recriminação deve ser
eliminada.